970×90

Um dia antes de filha prematura ter alta hospitalar, policial morre baleada

A policial Kerrie Orozco, 29 anos, morreu na quarta-feira, 20, depois de ter sido baleada por um suspeito em Omaha, Estado do Nebraska. Na troca de tiros, Marcus Wheller, 26 anos que tinha um mandato de captura pendente, também morreu.

Kerrie Orozco havia tido uma filha prematura em fevereiro deste ano e criança teve alta hospitalar nesta quinta-feira. “O bebê vai sair do hospital na quinta-feira. Ela era uma amiga, uma policial muito popular e não consigo imaginar que isto está acontecendo. A cidade de Omaha deve um pleito de gratidão a Kerrie e sua família”, disse Todd Schmaderer, chefe de polícia de Omaha.

A oficial que morreu no hospital da Creigton University estava na polícia há sete anos, e o fato causou comoção em Nebraska e em todo o país. Kerrie Orozco é a primeira policial mulher a morrer em serviço e há mais de 10 anos que não morria um oficial em serviço na cidade.

Foto da capa: Omaha PD

About The Author

Related posts

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Translate »