970×90

Procuradora-Geral de Massachusetts recebe mídia étnica

A Procuradora-Geral do Estado de Massachusetts, Maura Healey, recebeu representantes dos meios de comunicação de diversas comunidades de imigrantes, na tarde de sexta-feira, 15, no escritório da Procuradoria-Geral, no centro de Boston. Na ocasião, ela apresentou Marcony Almeida-Barros, como o novo Diretor de Relações e Envolvimento com a Comunidade (Community Engagement).

unnamed
Maura Healey e Marcony Almeida-Barros. Foto: Marcia Cruz-Redding

Marcony Almeida-Barros, vai fazer parte dos 525 trabalhadores da Procuradoria-Geral e, segundo Maura Healey, ele vai contribuir para o desenvolvimento de canais de comunicação entre as distintas comunidades de imigrantes e este órgão público. Antes de assumir o novo cargo, Marcony Almeida exerceu a função de diretor-executivo do Escritório para Refugiados e Imigrantes, durante a administração do ex-governador Deval Patrick. Ele também trabalhou com a MIRA (Aliança de Imigrantes e Refugiados de Massachusetts), o Centro dos Trabahadores Brasileiros (ex-Centro do Imigrante Brasileiro). Marcony é jornalista e, em 2003, recebeu o prêmio Novo Bostoniano do Ano pelo seu trabalho para melhorar a vida das comunidades de imigrantes e refugiados de Boston.

Durante a conversa, a Procuradora-Geral reafirmou que vai tratar de assuntos urgentes como aumento do sálario, violência doméstica, fraudes, drogas, em especial a crise provocada pelo consumo de heroína, e saúde mental. Ela enfatizou que a Procuradoria-Geral “quer estar aonde está a comunidade e servir-las à qualquer hora; à noite e nos finais de semana”.

Healy lembrou que ter ou não ter documentação não é impedimento para a defesa de uma pessoa que tenha sido vítima de discriminação, abuso, violência ou fraude. Nesse sentido, a Procuradoria-Geral, através do trabalho de Marcony Almeida “vai fazer-se presente junto às comunidades imigrantes de Massachusetts”. Para Maura Healey, o importante é garantir que todos se sintam protegidos. Para isto, informações educativas e eventos serão veiculados, num futuro próximo, em diversas línguas.

A Procuradora-Geral afirmou, também, que ela acha necessário e apoia a reforma imigratória.

Texto e fotos: Marcia Cruz-Redding

About The Author

Related posts

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Translate »