970×90

Obama fala sobre ofensiva contra Estado Islâmico

O presidente Barack Obama falou nesta terça-feira sobre a ofensiva contra os jihadistas do Estado Islâmico e afirmou que a luta não é apenas dos Estados Unidos. O pronunciamento de Obama foi feito pouco antes da viagem dele a New York onde vai discursar na Assembleia Geral da ONU e onde ficará por três dias.

Obama falou dos esforços dos aliados árabes: Jordânia, Emirados Árabes Unidos, Bahrein, Arábia Saudita e Catar, sendo que Bahrein, Jordiania e Emirados Árabes Unidos participaram doa ataques aéreos que teve a colaboração da Arábia Saudita e apoio do Catar. “Os povos e os governos do Oriente Médio rejeitam o Estado Islâmico e se levantam pela segurança e paz que todo o poco da região e o mundo merecem”, disse Obama no seu pronunciamento.

Os aviões de combate lançaram mais de 160 tiros contra alvos na Síria, destruindo prédios e a infra-estrutura dos grupos extremistas, de acordo com informações do Pentágono. O ataque aéreo teve três fases que foram concentradas na fronteira entre a Síria e o Iraque e nas cidades sírias de Alepo e Raqqa, todas como os maiores centros de operações do Estado Islâmico.

Foram usados nos ataques os caças F-22, mísseis de cruzeiro Tomahawk e armamentos avançados, disse o Wall Street Journal e de acordo com a ONG Observatório Sírio de Direitos Humanos, pelos menos 70 jihadistas morreram nos ataques.

About The Author

Related posts

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Translate »