970×90

O que fazer se for preso ou detido pela Imigração

Se você for acusado de um crime…
Peça a seu advogado para lhe ajudar a liberar-se da custódia da Polícia
Se você for preso pela Polícia local, eles têm 48 horas para denunciá-lo por um crime perante a corte (excluindo desse prazo os fins de semana e feriados), ou então soltá-lo. Se a Polícia apresentar uma denúncia, você deve ser liberado (1) se a denúncia for retirada, (2) se você for libertado sob fiança, (3) se você for julgado inocente ou (4) se você tiver cumprido a sentença a que foi condenado.

A Polícia pode contratar a Imigração para se informar sobre o seu status imigratório. Por exemplo, se você tem uma ordem de deportação pendente, a Polícia pode informar à Imigração que você está sob custódia.

A Imigração pode emitir uma ordem de detenção, que lhe dá um prazo de 48 horas para transferi-lo para a sua guarda. Se a Imigração não proceder a essa transferência, a polícia pode liberá-lo

Se a Polícia não apresentar denúncia e se a a Imigração não apresentar uma ordem de detenção, você deve ligar para o seu advogado ou para uma organização comunitária para que eles o ajudem a ser liberado da custódia da polícia. Eles podem escrever uma carta com esse pedido para a prisão ou para o xerife.

Desenvolva um plano de segurança
1. Prepare um plano de ação com seus colegas de trabalho
– Fale com seus colegas para saber se todos eles, qualquer que seja o seu status imigratório, estão dispostos a se manter calados e pedir para falar com um advogado se ocorrer uma “batida” em seu local de trabalho
– Diga-lhes que, se ocorrer uma “batida”, devem manter-se calmos e não correr
– Se houver um sindicato no seu local de trabalho, contate seu representante para descobrir mais sobre como você pode se preparar melhor para uma “batida”

2. Saiba quais documentos você deve carregar
– Leve um cartão com o nome de seu advogado e/o seu representante sindical
–  Leve um cartão indicando que você deseja ficar calado. Veja o exemplo abaixo

3. Faça um plano para sua família
– Se você tem filhos ou familiares idosos, providencie para que um familiar ou amigo se encarregue de sua família se 
você for detido. Tenha os números de telefone dessa pessoa sempre com você, e assegure-se de que outras pessoas conheçam o seu plano
– Escolha pessoas de confiança para tomar decisões em seu lugar caso você seja detido. Eles podem ajudar a sacar dinheiro para pagar os gastos de deportação ou pagar uma 
hipoteca. Você pode firmar um acordo que conceda procuração para essa pessoa agir em seu nome caso você seja detido
Desenvolva um plano de segurança
– Assegure-se de que sua família tenha seu número de imigração (se você o tiver), seu nome completo e sua data de nascimento. Esse número de imigração pode
ser encontrado em sua autorização de trabalho ou no seu cartão de residência. O número começa com “A”.
– Assegure-se de que sua família sabe como contatá-lo se você for detido. Seus familiares deverão contatar o escritório local do Immigration and Customs Enforcement’s Detention and Removal Branch se não souberem onde você está detido. Eles deverão pedir para falar com o supervisor de deportação e fornecer o nome completo e número de imigração (#A) do detido. Se você não tiver o telefone do escritório local, pode contatar o escritório central em Washington DC: 202-305-2734

4. Procure um advogado especializado em imigração
– Procure um advogado especializado em defesa de deportação que poderá representá-lo se você for detido
– Memorize o nome e telefone de seu advogado
– Mantenha os nomes e telefones de vários bons advogados de imigração perto do seu telefone em casa, para que sua família possa ligar para um advogado se você for detido
– Tenha cópia de todos os seus documentos de imigração
– Deixe uma cópia de todos os seus documentos que tenham sido apresentados à Imigração com um amigo ou familiar
– Além disso, junte documentos importantes como sua certidão de nascimento, certidão de casamento e passaportes, e coloque-os num lugar seguro mas fácil de encontrar caso sua família precise localizá-los
– Faça uma lista dos nomes e telefones de qualquer advogado que o tenha representado no passado

Cartão sobre o direito de ficar calado
Se você for detido, apresente o cartão abaixo à Imigração ou à Polícia, para exercer o seu direito de ficar calado e de procurar um advogado

Conheça seus direitos
Se você for detido pela Imigração ou pela Polícia:
– Entregue o cartão ao oficial e mantenha-se calado
– O cartão explica que você está exercendo o seu direito de se negar a responder a qualquer pergunta até que tenha consultado um advogado.

Imagem meramente ilustrativa

About The Author

Related posts

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Translate »