970×90

Multidões vão às ruas protestar contra Dilma e o PT

Estima-se que pelo menos entre 1,4 milhão a 2 milhões de pessoas foram as ruas, praças e avenidas no domingo naquela que já é considerada a maior manifestação popular da história da democracia brasileira, num protesto contra a presidente Dilma Rousseff e o Partido dos Trabalhadores.

Os manifestantes que vestiam na sua imensa maioria verde e amarelo se comportaram de modo pacífico e não houve registro de incidentes graves. Os protestos aconteceram em pelo menos 25 estado e no Distrito Federal, além do já tradicional ‘panelaço’, e foram destaque na grande imprensa internacional como os britânicos Financial Times e The Guardian e o argentino Clarín.

Os manifestantes pediram o impeachment de Dilma Rousseff e exibiam cartazes com palavras de ordem contra a corrupção generalizada. Líderes partidários e parlamentares não participaram das manifestações que foram consideradas apartidárias.

Na noite do domingo, os ministros José Eduardo Cardozo da Justiça e Miguel Rossetto da Secretária Geral da Presidência deram uma entrevista coletiva comentando as manifestações contra a corrupção e durante as suas falas começou um panelaço em diversas cidades.

Entre a comunidade brasileira nos Estados Unidos em New York, Miami e Boston, manifestantes protestaram contra a corrupção no governo, o mesmo aconteceu em Londres e Paris.

About The Author

Related posts

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Translate »