970×90

Ex-NFL, Aaron Hernandez é condenado a prisão perpétua por assassinato

O ex-jogador de futebol americano Aaron Hernandez, foi condenado a prisão perpétua sem direito a liberdade condicional, sentenciado que foi depois que um juri popular chegou a conclusão de que ele foi considerado culpado por assassinato em primeiro grau.

Aaron Hernandez, 25 anos, tinha um contrato de US$ 40 milhões com o New England Patriots e se envolveu diretamente na morte de Odin Lloyd, 27 anos, em 17 de junho de 2013. Lloyd era um jogador de futebol americano semi-profissional que namorava a irmã da noiva de Hernandez.

O juri também concluiu a culpa de Aaron Hernandez por posse de arma de fogo e munição. Os motivos que levaram Hernandez a assassinar Odin Lloyd com seis tiros numa zona industrial em North Attleborough nunca ficaram claros ou ficaram esclarecidos no tribunal.

As suspeitas de que Aaron Hernandez estava envolvido na morte de Lloyd, porque foi encontrado no bolso do morto uma chave de um carro que havia sido alugado pelo jogador da NFL. Pouco depois da sua prisão, Hernandez teve o seu contrato com o Patriots cancelado.

Aaron Hernandez aguarda novo julgamento pelo suposto envolvimento na morte de dois homens num tiroteio em 2012 em Boston. O julgamento de Aaron Hernandez aconteceu em Fall River.

About The Author

Related posts

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Translate »