970×90

EUA cooperam para prisão de advogado acusado de pedofilia em SP

ICE

A Polícia Federal de Sorocaba, Estado de São Paulo, prendeu em flagrante na terça-feira, um advogado de 33 anos, acusado de armazenar e distribuir pornografia infantil na internet. A PF chegou ao homem, através de investigação, denúncia e cooperação do U.S. Immigration and Customs Enforcement’s (ICE), através do adido da Embaixada dos Estados Unidos em Brasília.

Agentes especiais do Department of State’s Bureau of International Narcotics and Law Enforcement Affairs and the Child Rescue Coalition (HSI) contactaram a Polícia Federal em Sorocaba apresentando provas e evidências de que o advogado tinha mais de 10 mil imagens de arquivos pornográficos armazenadas digitalmente. O suspeito, foi ouvido e depois de prestar depoimento, ser indiciado, pagou fiança e foi liberado e responderá em liberdade pelo crime de de divulgar imagens digitais de pornografia infantil.

“Elogiamos a Polícia Federal por sua ação rápida em localizar e prender esse suspeito. Não há crime tão vil como o abuso de crianças. Estamos empenhados em trabalhar bilateralmente com o Brasil para erradicar este mal“, disse Cheryl Bassett, Adido da Embaixada dos Estados Unidos em Brasília.

Através de cooperação internacional, a PF descobriu a identidade e a localização do homem e fez buscas nos computadores e descobriu o material pornográfico. A investigação foi conduzida pelo HSI no âmbito da Operation Predator (Operação Predador), uma iniciativa internacional que visa proteger crianças de predadores sexuais. Mais de 12 mil pessoas já foram presas desde 2003, quando a operação foi lançada por crimes contra crianças, incluindo a produção, distribuição de pornografia infantil na internet, viajar para o exterior para o sexo com menores de idade, tráfico sexual de crianças e exploração sexual de crianças entre outros delitos relacionados. Mais de 2,3 mil pessoas foram presas por agentes do HSI no ano fiscal de 2014 e mais de mil vítimas foram identificadas ou resgatadas da exploração sexual infantil. As ações da Operação Predador estão a cargo da Virtual Global Taksforce.

Texto: Jehozadak Pereira. Imagem meramente ilustrativa: ICE

About The Author

Related posts

Deixe um Comentário

Translate »