970×90

Cuidados com as compras online

Rosana gostou do vestido que viu em uma rede social de onde foi direcionada para um site na internet e mais ainda do preço; de US$ 580 por US$ 190, mercadoria que pagou com cartão de crédito e que de acordo com as especificações seria entregue em um prazo de duas semanas. Rosana ia ser madrinha de um casamento e contou nos dedos a data em que o vestido seria entregue, a uma semana da cerimônia.

Quando recebeu a mercadoria, era totalmente diferente daquilo que havia visto no site e encomendado e Rosana não se deu conta de que a empresa não era nos Estados Unidos. Imediatamente ela tentou ligar no telefone que constava na página e passou longas horas de raiva, porque a pessoa que a atendia não conseguia entender o que ela falava.

Passou um e-mail e não obteve resposta. Telefonou de novo e nunca conseguia se fazer entender. “Foram dias e horas de irritação, pois no site não havia endereço para onde devolver o vestido que é um lixo e só aí me dei conta de que havia caído em um golpe. Uma amiga minha me disse que tinha passado pelo mesmo problema e que havia desistido de qualquer reembolso ou troca da mercadoria quando foi ler os reviews da empresa com centenas de histórias de pessoas lesadas e enganadas de todos os lugares do mundo”, disse Rosana.

Alguns sites usam fotos de roupas de outras lojas e estabelecimentos para atrair a atenção, mas quando a mercadoria chega, geralmente quem comprou toma um susto que logo é substituído por frustração e se dá conta de que via de regra caiu em um golpe. Normalmente o chamariz para este tipo de compra é o preço mais baixo do que os originais.

Uma destas vítimas de golpes online, faz sempre as suas compras em sites de lojas estabelecidos, com endereço físico e que tenha a possibilidade de interagir com atendimento ao consumidor. ‘Uma outra opção é comprar via amazon.com”, diz.

Ao pesquisar o nome do site e da empresa na internet, Rosana viu que a coisa era pior do que imaginava e não conseguiu o reembolso do valor que pagou por um ‘monte de pano feio e mal acabado’.

A Procuradoria Geral do Estado de Massachusetts lançou no final do mês de novembro, um Guia dos Direitos do Consumidor que pode ser acessada em português clicando aqui. Todos os dias milhares de pessoas são vítimas de golpes semelhantes sem se dar conta disto.

Algumas precauções devem ser observadas para compras online
– Verifique se a loja virtual indica seu endereço físico, telefone do serviço de atendimento ao consumidor e e-mail;
– Buscar informações sobre a loja virtual. Preste atenção aos itens de segurança. Veja se aparece a imagem de um cadeado,   geralmente no canto inferior direito;
– Verifique a política de privacidade antes de fornecer seus dados pessoais;
– Compre sempre em sites e portais que tenham boa reputação;
– Antes de concretizar a compra, leia atentamente as condições de contratação, que podem variar conforme o produto ou o serviço adquirido, e a forma de pagamento;
– Guardar todos os dados da compra, como o nome do site, itens adquiridos, valor pago, forma de pagamento, número do pedido e prazo de entrega;
– Salvar ou imprimir todos os e-mails enviados pelo fornecedor até que o produto seja entregue e esteja em perfeitas condições. Mesmo após receber o produto guarde a nota fiscal até pelo menos o fim da garantia contratual;
– Desconfie de promoções e descontos convidativos, pois costumam ser uma isca;
– Leia atentamente os reviews sobre o site ou loja das quais você está fazendo a sua compra online;
Na dúvida não compre…

Texto: Jehozadak Pereira. Foto: reprodução de um caso real, postada em um fórum de reclamações

About The Author

Related posts

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Translate »