970×90

Cuidados com a alimentação no verão

10426104_794280707313738_833930969989850671_n

Começou nesta segunda-feira, 2o, começou o verão no Hemisfério Norte e com ele as preocupações com o corpo e o condicionamento físico. A alimentação também é um dos itens de maior preocupação, pois grande parte dos brasileiros trabalham em serviços pesados e quase não tem tempo de se preocupar com o que vai comer na próxima refeição. A maioria se alimenta de qualquer jeito sem os devidos cuidados.

Nesta entrevista a nutricionista Ana Paula Ornelas que participa todas as quintas-feiras do programa Mix Brasil, dá dicas importantes de como se alimentar adequadamente. Confira as suas respostas.

É notório que grande parte da comunidade trabalha em serviços pesados e quase não tem tempo de se alimentar direito. Qual é a quantidade de calorias mínima que um adulto deve consumir diariamente para não colocar em risco a sua saúde? Em média 1800 a 2000 Kcal/dia para mulher adulta e entre 2000 a 2500 Kcal/dia para homem adulto. Esse valor pode mudar em função da idade, altura, biotipo, constituição corporal, tipo de trabalho, atividade física entre outros fatores.

Qual deve ser a dieta básica diária de um adulto?
Em uma dieta básica recomenda-se que 50-60% do valor energético total de seja de Carboidrato, 10 – 12% do valor energético total seja de Proteína e 28-30% do valor energético total de gordura. Para as fibras recomenda-se um consumo de 25 a 30g diária. Para os micronutrientes – vitaminas e minerais, quando a dieta alimentar é adequada, praticamente não existe a necessidade de uma ingestão adicional deste nutrientes. Desta forma observa-se que o carboidrato deve ser a base da alimentação, sendo assim sempre tenha um carboidrato nas refeições sejam elas principais ou não isso manterá seu nível de glicose normal no sangue, o que permitirá que todas as suas células estejam sendo supridas energeticamente, o que te dará saciedade. Após ter colocado um carboidrato equilibre com proteína, gordura e fibras. É válido ressaltar que a hidratação é muito importante, principalmente na forma de água.

Veja as dicas a seguir para o cardápio neste verão:
1) Tome um bom café da manhã. Leite2%, café com Splenda, pão ou derivados, queijo ou derivados e 1 fruta ou um suco natural;
2) Coma alimentos mais leves nas refeições principais (almoço e jantar) como: saladas de folhas e legumes temperados com Italian Dressing sem crouttons e uma carne ou sanduíches naturais com pão integral, peito de peru, Cotta Cheese também pode ser utilizado vitaminas de frutas com um pequeno sanduíche. Evite feijão, arroz, pastas, carne gordurosa e comidas mais pesadas;
3) Nos intervalos entre as refeições abuse de limonadas, chás gelados, porém não se esqueça do Splenda. Beba também bastante água, Jello sugar free, picolé de frutas diet;
4) Aumente seu gasto energético, caminhe mais, suba mais escada, ande de bicicleta se exercite.

Essas dicas ajudarão na manutenção do peso ideal.

Comer ovo e pão no café da manhã é ideal para aguentar parte do dia?
Estudos realizados pela Wane Sate University, aqui nos Estados Unidos comprovaram que consumir ovo no café-da-manhã deixa você com menos fome durante todo o dia. Além disso sabemos que o ovo é uma fonte completa de nutrientes. A gema, por ser rica em gorduras boas (monoinsaturada e ômega-3), ajuda a equilibrar os níveis de açúcar no sangue, diminuindo os ataques de gula. Já a clara contém bastante leucina, um aminoácido que evita a perda de massa magra.

Para quem não tem tempo de se alimentar direito e come nas redes de fast food qual deve ser a pedida?
Além de fast food, existem muitas lanchonetes, padarias que possuem opções bem interessantes. Uma dessas seria:
– Um sanduíche que tenha uma carne, queijo, alface e tomate, sem maionese e sem ketchup;
– Uma salada pequena com folhas, cenoura ralada e tomate com italian ou vinagrete dressing;
– Diet soda.

Este cardápio oferece 590 Kcal /dia (29.5% das calorias em um cardápio de 2000 Kcal/dia).

Comer carne vermelha diariamente pode prejudicar a saúde de alguém?
Um importante estudo médico divulgado pelo Instituto Nacional do Câncer e publicada no Archives of Internal Medicine dos Estados Unidos, analisou dados de 500 mil americanos entre 50 e 71 anos. Os cientistas concluíram que o consumo elevado de carne vermelha (68 gramas a cada 1.000 calorias ingeridas, o equivalente a um bife por dia) aumenta o risco de morte por câncer e doenças cardiovasculares. Segundo os pesquisadores, 11% das mortes em homens e 16% das mortes em mulheres poderiam ser adiadas se o consumo de carne fosse reduzido para 9 gramas do produto a cada 1.000 calorias ingeridas. Isso equivale a míseros 126 gramas de carne vermelha por semana – menos da metade que a Organização Mundial da Saúde (OMS) considera aceitável.

O mesmo vale para arroz, batata e pasta?
Não. Comer arroz, batata ou pasta diariamente não prejudica a saúde de ninguém se forem consumidos na porção exata. Se houver excesso desses alimentos na alimentação, como são carboidratos, seu excesso será transformado em gordura e armazenado nas células de gordura, o que causará obesidade. Porém se consumidos adequadamente, fornecem energia e saciedade além de seus nutrientes.

E fritura?
Depende. Usar óleos vegetais para refogar ou dourar uma carne, um legume, um arroz não causam problemas à saúde se consumidos diariamente. Porém alimentos que são emergidos em uma panela com óleo como algumas carnes, pastel, salgadinhos, bolinhos, etc, possuem seu valor calórico quase que dobrado, o que poderá levar à obesidade e à alguns outros problemas de saúde se forem consumidos diariamente.

Comer vegetais, legumes e verduras ajuda a perder peso?
Legumes e verduras ajudam a perder peso se consumidos corretamente. Uma salada de folhas, pepino, salsa, palmito (alimentos de baixo teor calórico), ajudam o indivíduo em uma refeição a obter a saciedade mais rápido e assim comer o menos o que irá contribuir para a perda de peso. Já a batata, inhame, mandioca, abóbora vermelha, beterraba, couve-flor, brócolis devem ser consumidos com moderação pois possuem um teor de carboidrato maior. É muito importante também ressaltar que os temperos que devem ser usados para a cocção de legumes e vegetais devem consistir em óleo, sal, alho. Se houver, engrossantes, queijo, maionese, os pratos contendo estes legumes e vegetais já devem ser vistos com outros olhos.

Comer frutas e beber sucos depois das 8 da noite é prejudicial? É aconselhável?
O organismo não sabe horário. Na nossa comunidade existem muitas pessoas que dormem durante o dia e trabalham de noite e de madrugada, dessa forma a hora em si não é a questão. Quando já fizemos a refeição principal do dia e faltam apenas 2 ou 3 horas para irmos dormir, devemos consumir alimentos mais leves, pois já não estamos com tantas atividades. Nesta situação (onde não se importa o horário em que ela ocorra seja ao amanhecer ou ao anoitecer) fruta, suco bem como iogurte, leite, crakers são uma boa opção.

Qual é o perigo e as consequências de se consumir bebidas isotônicas diariamente?
As bebidas isotônicas são soluções semelhantes aos fluidos do nosso corpo. São usadas principalmente para repor água e sais minerais perdidos pela transpiração ou outras formas de excreção, pois não interferem no equilíbrio hidroeletrolítico do corpo. Por serem ótimos repositores hidroeletrolíticos, as bebidas isotônicas passaram a ser comercializadas tendo como público alvo principalmente atletas ou praticantes de atividades físicas. A moda dos produtos para esportistas se popularizou e começou a ser usada também fora das academias e quadras.

Quais são os perigos do uso de remédios para emagrecimento sem receita e acompanhamento médico?
O maior perigo das fórmulas emagrecedoras que são comercializadas em nossa comunidade está em associar a anfetamina (inibidor de apetite) a qualquer outra substância, uma prática condenada pelos órgãos regulamentadores. É comum colocar no mesmo comprimido laxante, diurético, ansiolítico e hormônios da tiróide um coquetel extremamente perigoso para a saúde. Os consumidores dessas fórmulas mágicas muitas vezes nem sabem quem fabricou e muito menos os seus componentes e a maioria a tomam sem acompanhamento médico.
O problema é que junto com um apetite magrinho vem uma lista extensa de reações desagradáveis: boca seca, alterações de humor, dor de cabeça, insônia, taquicardia, euforia, falta de ar, hipertensão, irritação, dependência (quanto mais você toma, mais precisa), prisão de ventre, depressão, crises de ansiedade e pânico. Esses sintomas já são preocupantes, e se ainda o indivíduo possuir alguma patologia, maiores problemas podem ocorrer, associado a isso não existe um médico acompanhando este processo.

Geralmente as anfetaminas são utilizadas por médicos, para pacientes com índice de massa corpórea (IMC) maior de 30 ou aqueles com IMC entre 26 e 30 com histórico de colesterol alto, pressão alta ou diabetes, isto é o remédio é importante para casos em que a saúde pode ficar comprometida por conta do excesso de peso.

Visite a página da nutricionista Ana Paula Ornelas no Facebook clicando aqui.

Texto: Jehozadak Pereira. Foto meramente ilustrativa.

About The Author

Related posts

Deixe um Comentário

Translate »