970×90

Autoridades advertem para risco de fraudes em ordem executiva

Organizações, ativistas e governo federal levantaram preocupações com possíveis fraudes imigratórias na ação executiva que o presidente Barack Obama anunciou em novembro. Imigrantes indocumentados devem tomar cuidado com golpistas que estão pedindo dinheiro para preencher aplicações, escreveu o New York Daily News nesta segunda-feira.

A reportagem acrescenta um aviso de que, desde o dia que o presidente Obama anunciou a medida, o Serviço de Cidadania e Imigração (USCIS) publicou em seu site que não está recebendo aplicações até que o regulamento seja publicado pelo órgão. Imigrantes que se qualificam para a ação executiva, devem denunciar quem cobrar qualquer valor para enviar aplicações neste instante.

“Estas iniciativas ainda não foram implementadas e o USCIS não está aceitando qualquer petição ou pedido:, diz uma mensagem do órgão federal na página que explica o que é a medida. “Cuidado com quem oferece ajuda para a apresentação de um pedido em qualquer uma dessas ações antes que elas se tornem disponíveis. Você pode tornar-se vítima de um golpe de imigração. Inscreva-se nesta página para atualizações quando publicarmos novas informações”, acrescenta.

Dicas e recomendações
– Busque orientações com um profissional habilitado e que seja estabelecido;
– Busque referências do profissional que você vai escolher para cuidar do seu caso;
– Se você tem um histórico imigratório que exige atenção confie em quem esteja capacitado;
– Não confie em promessas ou em respostas vagas e inconclusas;
– Se tiver dúvida acerca de quem está contratando para cuidar do seu caso, busque outro profissional;
– Pague tudo com cheques nominais ao estabelecimento que contratar para lhe representar perante as autoridades;
– Exija comprovantes de tudo o que pagou;
– Mantenha cópias de todo o seu processo;
– Lembre-se que a ordem executiva assinada pelo presidente Obama é uma das raras boas notícias em imigração nos últimos 14 anos. Portanto não desperdice a oportunidade contratando alguém que não saberá o que fazer;
– Na dúvida contate o Federal BAR Association.

About The Author

Related posts

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Translate »