970×90

Acusado de agredir policiais têm histórico de violência doméstica

IMG_3038
Marcus Bino agrediu policiais e foi acusado de uma série de crimes. Foto: reprodução das redes sociais

Uma discussão doméstica, quase desencadeia uma tragédia na noite de domingo, 28, quando o brasileiro Marcus Bino agrediu com violência Samya Alves e James Seto, oficiais de polícia de Framingham que foram chamados ao local pela mulher de Bino.

O brasileiro teria agredido sua esposa e reagiu à intervenção policial e recusou-se deixar ser algemado e conduzido. Toda a cena foi reproduzida em um vídeo feito possivelmente por um smartphone e divulgado nas redes sociais pelo Latinonews.com. O vídeo é perturbador e mostra os policiais e Marcus Bino em luta corporal, onde este agride sistematicamente os oficiais.

Mesmo com a interferência de outros policiais que chegaram à cena, tendo usado inclusive um Taser, Marcus Bino continuou a lutar até ser algemado. De acordo com o MetroWest Daily News, o brasileiro afirmou que não queria ser preso por ‘alguém menor do que ele’, e deu risadas quando foi colocado na viatura.

Marcus Bino tem contra si duas acusações de assalto, agressão contra os policiais, assalto e agressão com arma perigosa, violência doméstica, perturbação da paz, conduta desordeira e intimidação de testemunha.

Pessoas que conhecem o casal, afirmam que há um histórico de violência doméstica de Marcus Bino contra sua esposa, e há um mandato de violência doméstica na Framingham District Court.

Uma fiança de US$ 9,5 mil foi estipulada e paga, o que proporcionou a Marcus Bino sair em liberdade, e a juíza Jennifer Stark determinou que ele deve voltar à corte no dia 16 de oputribro para uma audiência.

Os policiais Samya Alves e James Seto foram atendidos no MetroWest Medical Center.

About The Author

Related posts

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

Translate »